- Homem, 25 anos
- Sou de União da Vitória
- Paraná - Brasil
- Falo Português, gosto de Inglês
- Adoro Informática-Hardware-Kids






- 04/06/2006 a 10/06/2006
- 06/11/2005 a 12/11/2005
- 30/10/2005 a 05/11/2005
- 02/10/2005 a 08/10/2005
- 25/09/2005 a 01/10/2005
- 18/09/2005 a 24/09/2005
- 04/09/2005 a 10/09/2005
- 28/08/2005 a 03/09/2005
- 14/08/2005 a 20/08/2005
- 07/08/2005 a 13/08/2005
- 31/07/2005 a 06/08/2005
- 24/07/2005 a 30/07/2005
- 17/07/2005 a 23/07/2005
- 03/07/2005 a 09/07/2005
- 19/06/2005 a 25/06/2005
- 12/06/2005 a 18/06/2005


Renascendo

Nightwish
A Final Dream


- Todas Bijuterias da Gatinha
- Flog sobre Carros (Guto)
- Flog da Vanessa Adriane
- TOM Gotic (Breathe no more)
- Novas Ilusões, by Observador
- Ava Adore
- As 14 Máscaras
- Comédia Virtual
- Cosas de La Vitta
- Jornal Blogacional
- Olhares e Palavras (Luara)
- Alguns Pensamentos (Natan)
- In Silent Night
- Espelho da alma
- Acrósticos
- Labelluna
- Ser comum não é chato, é chique...
- Das Montanhas
- Palavreando
- Nos Bares da Vida
- Carta aos Amigos
- O Madruga é Rei
- Le Coucher du Soleil
- Silvie
- A bolsa da Mulher
- Blog da Magui
- Flog da Flaviazinha
- Ilustrado
- LÁPIDE


- Dê uma nota para o Maktub

Indique esse Vôo

 

 




Olá pessoas, este é mais um texto que diz a respeito de minha filosofia de vida...

Não importa de onde vem...

 

Há um texto chamado Desiderata, em português, “O que se Deseja”. Alguns dizem que foi encontrado em uma velha igreja de Baltimore, Inglaterra, no longínquo ano de 1692. Outros dizem que é de autoria de Max Ehrmann, que foi escrito em 1927, mas só publicado depois de sua morte, em 1948.

De acordo com essa segunda informação, um padre da igreja em questão teria incluído o poema em uma coleção de poemas de sua congregação e, ao transformar tudo em livro, alguém teria trocado a data das obras pela data de fundação da igreja, ocorrida mais de 200 anos antes. De qualquer forma, o texto é lindo e convida a uma reflexão.

Caminhe placidamente entre a inquietude e a pressa e lembre-se de que há sempre paz no silêncio. Tanto quanto possível sem se ofender, mantenha boas relações com todas as pessoas.

Diga a sua verdade mansa e claramente e ouça os outros, mesmo a dos insensatos e ignorantes, pois eles também têm a sua própria história. Evite as pessoas agitadas e agressivas, elas afligem o nosso espírito. Se você se comparar com outros poderá se tornar presunçoso e magoado, pois sempre haverá pessoas superiores e inferiores a você. Desfrute das suas realizações, assim como dos seus planos. Mantenha-se interessado na sua própria carreira por mais humilde que seja; pois ela é um ganho real nas constantes mutações do destino.

Seja prudente nos seus negócios, pois o mundo está cheio de armadilhas. Mas não deixe isso tornar você cego à virtude – muitas pessoas lutam por altos ideais e em toda parte a vida está cheia de heroísmo. Seja você mesmo. E, sobretudo não finja afeição. Também não seja cínico a respeito do Amor, pois acima de toda a aridez e desencanto ele é tão perene quanto a relva.

Escute mansamente o conselho dos mais velhos, renunciando graciosamente as coisas da juventude. Nutra sua força espiritual para que ela o proteja na desgraça repentina. Porém, não se aflija com coisas imaginárias; muitos temores nascem do cansaço e da solidão, e a despeito de uma disciplina rigorosa. Seja gentil para consigo mesmo.

Você é uma criatura do universo, não menos que as árvores e as estrelas. Você tem o direito de estar aqui e, seja claro ou não para você, o universo sem dúvida se desenvolve como deve. Portanto, quaisquer que sejam seus trabalhos e aspirações, mantenha-se em paz com a sua alma. Por mais que existam fingimentos, trabalhos e sonhos desfeitos, este continua sendo um mundo bonito. Tome cuidado, e faça tudo para ser feliz!

eu



-Está Escrito por: Ricardo GR às 23h08
[ | ] [ ] envie este escrito





Olá pessoas, obrigado pelos comentários, abaixo temos alguma reflexão, que explica o que significa Maktub, uma parte essencial do meu nick, na verdade, antigamente era apenas Maktub, e faz aproximadamente um ano que Phoenix se incorporou em meu nick, em minha história de vida, compreendendo o significado dos dois, eu consigo compreender o significado das coisas que se passa em minha mente, minha maneira de ser e agir, o que eu acredito! Bom, quem não entendeu direito, e quiser fazer-me perguntas, será uma honra respondê-las! Abraço e muita luz a todos!

------------- 

O viajante está sentado no meio do mato, olhando uma casa humilde à sua frente. Já esteve ali antes, com alguns amigos, e na época tudo que conseguira notar foi a semelhança entre o estilo da casa e de um arquiteto galego – que viveu há muitos anos, e jamais colocou os pés naquele local.

A casa fica perto de Cabo Frio, no Rio de Janeiro, e é toda construída com cacos de vidro. Seu dono, Gabriel, sonhou em 1899 com um anjo que lhe dizia: “Constrói uma casa de cacos”. Gabriel começou a colecionar ladrilhos quebrados, pratos, bibelôs e jarras partidas. “Tudo caquinho transformado em beleza”, dizia Gabriel de seu trabalho. Durante os primeiros quarenta anos, os moradores locais afirmavam que era louco. Depois, alguns turistas descobriram a casa, e começaram a trazer os amigos; Gabriel virou gênio. Mas a novidade passou – e Gabriel voltou ao anonimato.

Mesmo assim, continuou construindo; aos 93 anos de idade, colocou o último caco de vidro. E morreu.

O viajante acende um cigarro; fuma em silêncio. Hoje não está pensando na semelhança entre a casa de Gabriel e a arquitetura de A. Gaudí. Olha os cacos, reflete sobre sua própria existência. Também ela – como a de qualquer pessoa – é feita de pedaços de tudo que se passou. Mas, em determinado momento, esses fragmentos começam a tomar forma.

E o viajante relembra um pouco do seu passado, vendo os papéis em seu colo. Ali estão pedaços de sua vida: situações que viveu, trechos de livros que sempre recorda, ensinamentos do seu mestre, histórias dos amigos, fábulas que algum dia lhe contaram. Ali estão reflexões sobre o seu tempo, e sobre os sonhos de sua geração.

Da mesma maneira que um homem sonhou com um anjo e construiu a casa que está diante de seus olhos, ele tenta ordenar estes papéis – para compreender sua própria construção espiritual. Lembra-se de que, quando criança, leu um livro de Malba Tahan chamado Maktub! e pensa:

“Será que eu devia fazer o mesmo?”

_______ 

Maktub quer dizer está escrito. Para os árabes, “está escrito” não é a melhor tradução – porque, embora tudo já esteja escrito, Deus é misericordioso – e só gastou sua caneta e sua tinta para nos ajudar. O viajante está em Nova York. Acordou tarde para um encontro, e, quando desce, descobre que seu carro foi rebocado pela polícia.

Chega depois da hora, o almoço se prolonga mais do que o necessário, ele pensa na multa – irá custar uma fortuna. De repente, lembra-se da nota de um dólar que encontrou no dia anterior. Estabelece uma relação louca entre aquela nota e o que aconteceu de manhã. “Quem sabe eu peguei a nota antes que a pessoa certa a encontrasse? Quem sabe tirei aquele dólar do caminho de alguém que estava precisando? Quem sabe interferi no que estava escrito?”

Precisava livrar-se dela – e neste momento vê um mendigo sentado no chão. Entrega rapidamente o dólar.

- Um momento – diz o mendigo. - Sou um poeta, quero pagar com uma poesia. - A mais curta, porque estou com pressa – responde o viajante.

O mendigo diz: - Se você continua vivo, é porque ainda não chegou aonde devia.



-Está Escrito por: Ricardo GR às 21h37
[ | ] [ ] envie este escrito