- Homem, 25 anos
- Sou de União da Vitória
- Paraná - Brasil
- Falo Português, gosto de Inglês
- Adoro Informática-Hardware-Kids






- 04/06/2006 a 10/06/2006
- 06/11/2005 a 12/11/2005
- 30/10/2005 a 05/11/2005
- 02/10/2005 a 08/10/2005
- 25/09/2005 a 01/10/2005
- 18/09/2005 a 24/09/2005
- 04/09/2005 a 10/09/2005
- 28/08/2005 a 03/09/2005
- 14/08/2005 a 20/08/2005
- 07/08/2005 a 13/08/2005
- 31/07/2005 a 06/08/2005
- 24/07/2005 a 30/07/2005
- 17/07/2005 a 23/07/2005
- 03/07/2005 a 09/07/2005
- 19/06/2005 a 25/06/2005
- 12/06/2005 a 18/06/2005


Renascendo

Nightwish
A Final Dream


- Todas Bijuterias da Gatinha
- Flog sobre Carros (Guto)
- Flog da Vanessa Adriane
- TOM Gotic (Breathe no more)
- Novas Ilusões, by Observador
- Ava Adore
- As 14 Máscaras
- Comédia Virtual
- Cosas de La Vitta
- Jornal Blogacional
- Olhares e Palavras (Luara)
- Alguns Pensamentos (Natan)
- In Silent Night
- Espelho da alma
- Acrósticos
- Labelluna
- Ser comum não é chato, é chique...
- Das Montanhas
- Palavreando
- Nos Bares da Vida
- Carta aos Amigos
- O Madruga é Rei
- Le Coucher du Soleil
- Silvie
- A bolsa da Mulher
- Blog da Magui
- Flog da Flaviazinha
- Ilustrado
- LÁPIDE


- Dê uma nota para o Maktub

Indique esse Vôo

 

 




Olá pessoas, a mensagem de hoje é uma adaptação minha, muitas dessas frases vocês provavelmente já ouviram antes, mas essa é uma mistura que me faz refletir sobre mim mesmo e eu espero que possa ser útil a mais alguém...

Um abraço e Até breve!

 

MSG DE HOJE:

 

Os sons da noite me acompanharam calados... Ensurdecidos mudos... cegos, me seguiram. Pedaços de lembranças me atormentam,  me enlouquecem... me entorpecem... Hoje não sou nada mais que uma sombra do que fui antes e um projeto do que pretendo ser.

Eu, razão, emoção... Loucuras ordenadas num jogo de cartas marcadas... ou não?

Olá escuridão, minha velha amiga, eu vim falar novamente com você, porque uma visão rastejando suavemente, deixou suas sementes enquanto eu estava dormindo, e a visão foi plantada em meu cérebro e ainda permanece dentro do som do silêncio. Em sonhos inquietos eu caminhei sozinho pela noite fria e úmida, quando meus olhos foram apunhalados pelo flash de uma luz de néon que dividiu a noite e tocou o som do silêncio.

E na luz nua eu vi pessoas que conversam sem falar, pessoas que ouvem sem escutar, mas minhas palavras parecem pingos de chuva silenciosos caindo e ecoando nos poços do silêncio. E quem aprender a ouvir os sons do silêncio, também vai aprender a me entender... ou se entender melhor...

 

 



-Está Escrito por: Ricardo GR às 22h59
[ | ] [ ] envie este escrito